Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

sexta-feira, setembro 23, 2005

 
Alimenta os teus sonhos alados - João Viegas

Microdiano

O sol ainda não nasceu. A cabeça, entretanto, continua no lugar. Sim, porque as pernas já se foram. Devem estar por ai, jogadas em algum canto. Afinal, quem precisa de mãos? Não, os ouvidos também desapareceram. Acho que foram levados juntamente com os olhos. A memória falha nessas horas. Mas a boca já se acostumou com a falta de língua. Sim, foi a primeira coisa que arrancaram; logo ela, pobre coitada, que nem aprendeu a cantar. Estava cagando, quase soluçando quando colocaram meus dentes em um saquinho plástico. Genitália, meu Deus, pra quê? Quem precisa de um pau numa situação, digamos, tão inconveniente? Não, nada de braços. Onde já se viu uma pele irradiar beleza em meio ao sofrimento alheio? Aí eles resolveram terminar o serviço. Lixaram, cutucaram e arranharam. E, de tanto lixar, arranhar e cutucar acabaram esquecendo de cortar o nariz. Sim, eu ainda tenho um nariz. Nem grande, nem pequeno, mas na medida exata para continuar respirando.

(do livro Perambulando pelo caos" - série - urbanidades # 6)

Comments:
Eis-nos aqui, entre a morte e a não-vida.
Ótimo texto!

Saudações do Cárcere
 
Será que foi uma boa ficar justo com o nariz??? Abs!!!
 
Oi Claudio,
Novamente muito interessante esta tua "oração" diária.
Hilda é a minha grande paixão literária. Foi a única escritora (entre homens e mulheres) que me fez questionar se eu realmente deveria escrever. Fiquei muito tempo em silêncio por causa de Hilda. Não tive tempo para conhecê-la. Uma pena. Acho que agora está havendo um resgate de sua obra, mas mesmo assim, sempre será para meia dúzia de malucos. o que ela faz com a linguagem e com os sentimentos não é para qualquer leitor normal. :)
abraços
Rubens
 
Lindo conto. Obrigado pela visita ao meu blog.
 
Claudio, caramigo, belo belo miniconto. Gostei do corpo, assim, cortado, espalhado pela narrativa e valeu! Paurabéns e abraços decaptados e té, Marcelino. P.S. Para outras novas, visite www.eraodito.blogspot.com
 
luz, sou obrigada a te dizer alog, fico sem folego quendo leio oq vc posta em seu blog! sei la, acho que devo refletir mais acerca do que vc escreve!!!! Beijao
 
Cara!
Vou ali respirar...

PQP!

Beijos do CC.
 
ótimo. adorei. mesmo.

.
.
.

abraço,
edu
 
deixaram tuas palavras no lugar exato. beijo.
 
sim, esse blog me fez luz.

(vamos trocar links?)
 
Com certeza. levam nossos pedaços, um a um, devagarinho.
Mas vamos aprender a sonhar com o nariz.
 
Tsc... me sobrou um coração...
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?