Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

sábado, fevereiro 18, 2006

 
Some moon faces - Patrice Besso

Na Faixa

Não foi Santo quem atirou a primeira pedra nem foi Santo o primeiro a abandonar o barco. Seduzido pela promessa de ser herói ou coisa até maior, não hesitou em dizer sim, eu vou com vocês. A lua estava cheia e um cheiro forte de erva-doce pairava no ar. Porém, antes mesmo de saber o que estava acontecendo, os pés já ardiam no asfalto. Atônito, sem distinguir o branco do preto ou o vermelho do amarelo, viu-se correndo como os animais correm quando feridos - correndo como as crianças correm quando se sentem vulneráveis. E enquanto corria, apenas um único pensamento lhe perseguia: Meu Deus será que você agüenta?

(do livro "Perambulando pelo caos"- série - infâncias # 9)

quinta-feira, fevereiro 16, 2006

 
Espera al ar libre - Alejandro Asencio

Terras de Dali

Há braços que saem das orelhas e pernas penduradas dos artelhos, há o caos, onde minha mãe toca piano e dá pão-de-ló para elefantes comerem. (Menalton Braff)

Enquanto um homem gordo lê poesias para uma menina cega, ovos de avestruz caem do céu. Correndo a todo vapor, vinte milhões de habitantes se agridem em meio ao caos. Olho para os lados e não encontro você. Sem rancor ou ódio, abro o guarda-chuva e, entre corpos de crianças vazando sonhos pelos cantos dos olhos, deposito meu coração na boca de um menino. Penso: Já não tenho mais idade para brincadeiras.

(do livro "Perambulando pelo caos"- série - amores # 8)

terça-feira, fevereiro 14, 2006

 
Vacas y Hombres - Edgar Leon

O senhor da rua

Nunca sorri, quando muito levanta as sobrancelhas. Jamais diz bom dia, tampouco boa noite. Dele ninguém escapa ou consegue se esconder por muito tempo. Tem olhos de lince e de longe fareja a sua presa. Gosta de caçar crianças para o café da manhã, devorar mulheres no almoço e cozinhar em fogo brando os homens para o jantar. Nos finais de semana, após comer, beber e fumar até os cornos, senta-se no topo do edifício mais alto do planeta. De lá, atento, vigilante e cauteloso, observa com muita satisfação o frenesi da multidão a transportar nas costas sacos e mais sacos de carne seca. De lá, atento, vigilante e cauteloso, sacode sua enorme pança e cospe com muito gosto na cara dos covardes.

(do livro "Perambulando pelo caos"- série - urbanidades # 20)

domingo, fevereiro 12, 2006

 
Brincadeira de crianças - Jarina Menezes

Qual é a sua?

Numa rua qualquer de um lugar periférico e ladeirento, ao meio-dia de um dia sem sol, apareceu um homem usando sapatos grandes, roupas largas com cores brilhantes e cheias de remendos. Na cabeça, um chapelão surrado. No espaço do nariz, uma pelota vermelha e na cara pesadamente maquiada de branco, um largo sorriso. Sem mais nem menos, começou a fazer malabarismos, dar cambalhotas, tapas de purpurina no rosto dos meninos e a jogar confetes nos cabelos das meninas. Totalmente desequilibrado, parecia ter saído de algum lugar para gente muito desmiolada. Porque, ora rindo, ora chorando, ia distribuindo pirulitos, balas, chicletes e uma infinidade de outras guloseimas para um público pra lá de desconfiado e assustado. Não fez amigos, tampouco cativou o coração da platéia. O máximo que conseguiu foi chamar a atenção dos cachorros.

(do livro "Perambulando pelo caos"- série- infâncias # 8)

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?