Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

domingo, fevereiro 12, 2006

 
Brincadeira de crianças - Jarina Menezes

Qual é a sua?

Numa rua qualquer de um lugar periférico e ladeirento, ao meio-dia de um dia sem sol, apareceu um homem usando sapatos grandes, roupas largas com cores brilhantes e cheias de remendos. Na cabeça, um chapelão surrado. No espaço do nariz, uma pelota vermelha e na cara pesadamente maquiada de branco, um largo sorriso. Sem mais nem menos, começou a fazer malabarismos, dar cambalhotas, tapas de purpurina no rosto dos meninos e a jogar confetes nos cabelos das meninas. Totalmente desequilibrado, parecia ter saído de algum lugar para gente muito desmiolada. Porque, ora rindo, ora chorando, ia distribuindo pirulitos, balas, chicletes e uma infinidade de outras guloseimas para um público pra lá de desconfiado e assustado. Não fez amigos, tampouco cativou o coração da platéia. O máximo que conseguiu foi chamar a atenção dos cachorros.

(do livro "Perambulando pelo caos"- série- infâncias # 8)

Comments:
Triste palhaço. Triste platéia.
P.S: Gosto muito do texto Ene. Abs!
 
Texto amargo.
Deprimente espetáculo.

Abraços do *CC*
 
retrato, em preto em branco, da descoloração do homem... eu fico triste...pq quando o olho... me vejo.
um beijo
 
retrato, em preto em branco, da descoloração do homem... eu fico triste...pq quando o olho... me vejo.
um beijo
 
Oi ...
será que não entendi direito.
Entendi uma coisa, vim comentar e li antes os outros comentários...rs..mas enfim...
Como as vezes a gente chora de felicidade e isso nem todos entendem e ficam nos achando meio malucos...acho que as pessoas felizes são espantadas de perto da gente ( até por cachorros) porque me parece que a felicidade está ficando anormal...
Beijo querido.
Saudade de ti...
 
Quem pôs nossa alegria pra correr? Beijos.
 
Sem graça, somos nós os palhaços de hoje em dia, palhaços tristes. E colocam sempre os cachoros atrás das nossas pessoas. Mas antes bancar o palhaço tristes que ter sempre apregoado na cara o riso fácil dos ignaros. Claudio, show de criatividade você vem demostrando. Parabéns!!
 
Todos nós temos um lado cruelmente grotesco.
O seu testo mostra isso muito bem.
Só que a criança é amora, o alolescente imoral e o adulto dissimulado.
 
Caso tenha tempo, pode ler a entrevista que li com o editor do bagatelas.

http://dudu.oliva.blog.uol.com.br
 
Por certo, ver uma obra de minha mãe me sensibiliza um bocado. A parte isso, a saudade que ela deixou não consegue redimir minha dor...
Obrigado. Muito obrigado pela homenagem.
Carlos Holbein (filho)
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?