Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

sábado, julho 08, 2006

 
Sem título, autor desconhecido

Habitat

O que está acontecendo? Esfregou os olhos com as mãos. Decerto, é um sonho e logo alguém virá para despertá-lo. Aquele barulho incessante de vozes e pés se arrastando o deixa preocupado, afinal, ninguém está nervoso; a passos milimétricos vão serenamente, como se impelidos por uma força oculta, ou uma miragem, ou sabe-se lá que desejo. Ele nunca estivera em situação parecida nem quando a mãe o arrancava da cama para juntar-se à procissão, nem quando se perdeu pela primeira vez no centro da cidade em plena hora do rush. O simples fato de pensar que está metido no meio já é suficiente para lhe embrulhar o estômago. O pior de tudo são os obstáculos; oh, sim, são tantos que é impossível desviar-se de todos. Ouve gritos e gemidos. Seria alguém importante? Um médico, talvez um advogado? Como se fosse possível parar e pedir desculpas. Ora, se não ia para a direita, se não ia para a esquerda, se para trás era impensável, então, estaria fadado a caminhar eternamente? Como viver sem água, sem comida? Que sufoco! Que calor! Cadê sol? Cadê dia? Cadê noite? Céu sem estrelas, nunca viu; tampouco, céu sem lua. E, essas mãos bobas? Oh, se pelo menos tivesse uma faca. Sente dor. É a cabeça. São os pés. Mas também é o peito. Mal consegue respirar. Decididamente daqui a pouco vai começar a morder. Fingir paciência, boa educação? Vai, sim, é lutar por cada centímetro de espaço. Que seja os outros, não ele. Se pensar o contrário, adeus. Não senhor, tal é o emaranhado que o único jeito é continuar; porque se permanece imóvel, imaginando se é um sonho ou não, acaba sendo derrubado, atropelado e esmagado.

(do livro "Perambulando pelo caos" - série - interioridades - # 24)

sexta-feira, julho 07, 2006

 
Sem título, autor desconhecido

Carimba

Minha única obrigação era distraí-lo. Fizesse sol, fizesse chuva. Geralmente, pedia-me para cantar, tocar violão, dar alguns passos de capoeira. Para um imigrante recém-chegado, nada mal. Mas ele gostava mesmo era de ouvir histórias. Algumas eu inventava, outras caçava na memória. Coisas do outro mundo. Muito sol, praias paradisíacas, coqueiros a perder de vista. Certa noite, após ter esgotado todo meu repertório tropical, mandou-me buscar uma mulata. Alemão do caralho! Que é isso? Tá curtindo com a minha cara? O homem ficou doido. Bufou, gritou, berrou. Ameaçou denunciar-me. Bati o pé Nicht! Ofereceu-me dinheiro extra. Aí, cai matando. Rebolar praquele maluco? Sem chance. Sonho tem limite.

(do livro "Perambulando pelo caos" - série - amores # 22)

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?