Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

segunda-feira, setembro 12, 2005

 
Desculpa Joana... - arkdash

Cada um por si e Deus contra todos

As igrejas estão praticamente mudas. (18. Walter Benjamin)

Todos os dias, afinal, alguém morre. Trata-se de um fato. A diferença básica entre uma morte e outra é que algumas são percebidas. Na verdade, pouquíssimas. Elas, as pessoas, terminam os dias sem que uma única lembrança passe para a história; simplesmente desaparecem. Mas o que fazer? Estamos habituados ao esquecimento. De todo jeito, eu mesmo, no fundo, acho que serei completamente esquecido. Quando morrer, ao contrário de todos os meus pensamentos, acabarei sendo levado de roldão para o buraco sem fundo do anonimato. Por isso não me pergunte, nessa hora ingrata, por quem os sinos dobram.

(do livro "Perambulando pelo caos" - série - interioridades # 2)

Comments:
E dá pra esquecer de morrer???
Ótimo. Texto e ilustração. Como sempre. Abs.
 
eu vou desmaterializar. sem sinos, nem sujeira.
 
mano humanos inevitavelmente morren só passando pra deixar um salve fica na paz pguei seu link no blog do Ferrez.
 
a morte é o apanágio desta farsa.
Gostei do texto, mais uma vez.

Saudações do Cárcere
 
Só se eu morrer antes e você...
 
tsc...teclado temperamental...
Era pra dizer...morrer antes "de"...rs
Mas a gente continua vivo...
 
nenhum homem é uma ilha isolada; cada homem é um partícula do continente, uma parte da terra se um torrão é arrastado para o mar, a europa fica diminuída, como se fosse um promontório, como se fosse o solar de teus amigos ou o teu próprio; a morte de qualquer homem me diminui, porque sou parte do gênero humano. e por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti. JOHN DONNE gosto muito... está no começo do livro 'por quem os sinos dobram', hemingway. um beijo.
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?