Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

quinta-feira, maio 25, 2006

 
from the series: Jenin - Abdel Rahmen al-Muzayen

De olhos fechados,

cabeça largada no chão, sorri. O prazer vem de longe; vem abrindo celas, escancarando janelas, atravessando muros. Chega a sentir vontade de chorar, mas é preciso fingir-se de morta, sufocar o desejo. Em silêncio, permanece por muito tempo. Três mil e quinhentos dias antes corria de braços dados com a vida; agora, mal consegue respirar. Ah, como gostaria de gozar sem nenhuma contenção, sem nenhum dispositivo a lhe vigiar os sentimentos. Mas isso é um sonho, quase uma fantasia. Entretanto, a vigilância nem sempre está atenta. A noite passada, por exemplo, ela voou com graça, cobrindo o céu de esperança; voou lá para os lados de Passárgada.


(do livro "Perambulando pelo caos" - série - interioridades # 21)

Comments:
, ah! este teu texto é um vôo escancarado. só prestar atenção e deixar levar.
quem lê sente o ventar das palavras...
|abraços meus|
 
pois é, em passárgada tem tudo mesmo. e lá as prostitutas bonitas que a gente namora não sofrem de gozo contido. bem fez ela em voar pra lá. 1 abraço.
 
Obrigado pelos seus textos aqui!!
Voltarei sempre..mas por enquanto estou no exilio rs
Novo blog?? Ainda não sei..talvez não..
Talvez fique visitando o seu poruqe aqui me sinto em casa e sei do aconchego e da ternura do anfitrião rs
Abraços
 
Oh...infinito delírio!
 
Isso aqui é uma pérola rara:"Mas isso é um sonho, quase uma fantasia. Entretanto, a vigilância nem sempre está atenta". Pérola como tantas outras que vc garimpa pra nós.
abçs
Ilidio
 
alçar vôos :
RUMO À ESPERANÇA,AO GOZO...
beijo daqui
 
"Ah, como gostaria de gozar sem nenhuma contenção, sem nenhum dispositivo a lhe vigiar os sentimentos." Adorei!
Beijos, querido amigo
 
Bacana! Bem bacana!
 
Por vezes, para não ver, rogo que me arranquem os olhos!
Estou com blog novo, mais um...
www.oscaleidoscopios.blogspot.com
 
minha terapeuta sempre me diz que quando nós fazemos ou sentimos algo, isso deveria, mais que tudo, nos mostrar a capacidade que temos para faze-lo ou senti-lo... assim, se se sabe o vôo há que voar sempre... a gente só não voa quando não sabe voar...
beijo
 
Poderiamos nós sermos livres para sentir ??? sem a máquinaria social a nos observar poderiamos enfim, realmente voar ?

Teu escritos são muitos bons!!! Uma maneira diferente de se mostrar o mundo, vômitar palavras. Muito bom mesmo.

Um abraço,
Aerodrama.
 
Faz um tempo também to voando pra lá, afinal Passárgada é logo ali... um dia chego!
abraços meus
 
Narratitava inquetante e maravilhosa
 
Narratitava inquetante e maravilhosa
 
Ah, Passárgada... Lá não precisa de esperança não, afinal, é lá q a gente é amigo do rei! Ou só o poeta o é?
 
Não se consegue sufocar por muito tempo um sonho. Eles têm vida própria e sempre ressucitam porque não ficamos muito tempo sem eles, na crueza do dia-a-dia.
gd ab e ot fds
 
que escandalo de lindo!!!!!!


amei meu querido...
voei nas palavras...

lindo.

beijo no coração
 
Ventou aqui.. belo. Sensibilidade aflorada.
Um beijo.
 
Muito bom!
 
Lá sou amigo do Rei.

Belo, sim.

Abçs
 
Poético. O excerto veio em ondas sob um céu noturno e calmo. Muito bonito.

Aliás, esse livro é de sua autoria?

Bons ventos.
 
Você e seu vôo "para os lados de Passárgada" me lembrou antigos vôos meus, um pouco adormecidos talvez, mas por ser relembrados em breve. Achei esse teu escrito tão lindo! : )
Beijos... Carol
 
Grande abraço em você e no Bandeira...
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?