Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

quinta-feira, junho 29, 2006

 
Sem título, autor desconhecido











O mundo em círculos

Entre meia-noite e uma hora, ela pouco mais fez que estar à janela e olhar para a rua. Às vezes, ela corria os dedos finos sob os cabelos, procurando ajeitá-los. De quando em quando respirava fundo. Em círculos, os anos foram andando, e ela, comendo devagarinho o passado, quase toda noite, viajando para lugares desconhecidos, nunca antes visitados. Uma vez distante daquele quarto, outra manhã surgia, como que para lhe dizer Ano que foi, ano que vem.

(do livro "Perambulando pelo caos" - série - amores # 21)

Comments:
Puxa vida, que momento incrível. Faz a gente olhar pela janela e querer que a vida para para prestar atenção em nós!
 
, a manhã nasce como se um acalanto embalado por o vento.

, em a vida criamos alguns costumes. uns bons e outros nem tanto. ler teus textos se tornou um costume prá lá de bom...
|abraços meus|
 
Revivi cenas e mais cenas que passaram com uma rapidez impressionante pela minha mente... neste momento. Andamos em circulos e todos acabamos por passar pelos mesmos lugares...
 
Perscrutar um passado que nunca se viveu através da janela é tão genial! Lembra música boa do Jean-Jacques Goldman, lembra tanta coisa que eu quase nunca vivi. Obrigada por conduzir. Beijo e bom final de semana
 
pra onde quer que a gente vá...aquilo que nos imobiliza ou que nos move...vai junto...é a gente se perseguindo!
beijo
 
"comendo devagarinho o passado"... tem umas frases no que você escreve que me apaixonam, meu caro Cláudio. E esse conto é ótimo!
 
é a solidão perpetuada, Cláudio. Excelente texto.

sds
 
tanto tempo viver assim acostuma.
os doces os amargos costumes da vida

um beijo no coração
 
As suas imagens passam como um filme aqui na minha mente. E isso é prá lá de bom, meu caro, pois signfica que além de contista, roteirista e dono das melhores sinopses-snapshots desses blogues, você é o mágico das cenas. Que coisa, Cláudio!
abçs
Ilidio
 
meu caro Cláudio,

o projeto do roteiro a partir de um conto seu também não deixou a minha memória. Porém outros roteiros permanecem ocupando meu tempo. Mas chego lá em você.
 
Nossa... adorei o conto!!!!
 
vc está em sampa , mas tem gente nossa fazendo shows por aí. veja o site deles , quem sabe vc pode ir assistir...

www.soulze.com.br

espero que goste.
 
à noite, para quem os enxerga pela janela, todos oa anos são pardos. vêm e vão numa espécie de clareza que os dias não são capazes de nos ofertar. 1 grande abraço
 
estancou a vida...
 
Quando os anos andam em círculo podem virar labirintos.
 
'comendo devagarinho o passado"
gostei do seu conto. bj laura
 
Olha só...isso aqui "Entre meia-noite e uma hora, ela pouco mais fez que estar à janela e olhar para a rua" já me bastava como um imenso snapshot. Mas pra vc não. Foi preciso acertar a câmera, calibrar o fotômetro e mandar esse shot aqui: " Uma vez distante daquele quarto, outra manhã surgia, como que para lhe dizer Ano que foi, ano que vem". Meu caro, isso é maior que um círculo. Isso é aquilo que eu chamo de looping.
abçs
Ilidio
 
Cláudio, te linkei lá no Lua. Finalmente para mim, que te acho mais fácil. Abraço. Cadê mais textos? Cadê?
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?