Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

quarta-feira, junho 21, 2006

 
Sem título, Eugênio Pacceli

Nos campos do Senhor

Antes de dar o primeiro passo, receoso, olha para trás. Protegidos por uma espécie de bunker improvisado, a gurizada, apreensiva, segura a respiração. Todo garoto sonha em salvar a mocinha, ser herói, tornar-se famoso. Oh, sim, ele pensava muito na vida; à beira do precipicío, passo após passo, cutucando com vara curta. Certamente alguns vacilam, tombam lágrimas e acabam perecendo. No entanto, é preciso ganhar o pão. Ontem, por exemplo, ele teve sorte. Após vários colegas explodirem no ar, um sujeitinho cheio de manha, samba no pé e muita ginga, conseguiu desarmar todas as minas.

(do livro"Perambulando pelo caos" - série - infâncias # 18)

Comments:
Caramba!
Muito bom!
Abraços do *CC*
 
receio
VONTADE
audácia
DESCONFIANÇA
necessidade ...
êh vida doida esse que injeta vários sentimentos,sensações num só momento. Aja adrenalina.
meu beijo em vc
 
, vacilar & perecer. perceber ontem estão as minas. & sambar

|abraços meus|
 
Passando aqui para te buscar, tem postagem nova no meu cantinho , aguardo visita.

bom restinho de semana.
 
Dios Mio! É isso que é do humano e que ninguém lhe tira. E, by the way, Eugenio Pacceli foi um papa, não? E como a minha memória Dan Brown anda pra lá de criptografada, pergunto: que papa foi esse? Será que tem algo com esse "cutucando com a vara curta"? Dios Mio! Que El me perdone.rs
abçs
Ilidio
 
acho esse o segredo dos inocentes que vencem ....

pura inocência.


beijo grande
 
Adorei o texto!!
Sempre instigando..trazendo algo novo pra mala cheia.
Habeijos
 
curto e grosso. E bão!
gd ab e ot fds
 
A vida como ela é... será que soa Rodriguiano?

Beijos.
 
claudio, embora à primeira leitura, inevitavelmente, me vem à lembrança a desumana tragédia africana, vou preferir hoje uma outra leitura: mais infantil, mais lúdica e mais "sacana". na fase de guri, onde apreensão é estado constante, é preciso mesmo muita manha, samba no pé, ginga e encantadora lábia pra conseguir desarmar as minas. 1 abraço
 
Cara de sorte esse hein?!? Leva uma vida regada a humor negro!
 
O conto poeticamente mostra a realidade.

http://dudu.oliva.blog.uol.com.br
 
ah fiquei pensando aqui nos tantos e tão diversos caminhos minados que existem nesta vida e em especial na vida de alguns setores da sociedade...
aí lembrei do Betinho: "quando uma sociedade deixa matar crianças é porque começou seu suicídio como sociedade"
beijo
 
a vida é madrasta de muitos seres.
carinhos meus

ps:
P:Entre aquilo que sonhamos e aquilo que desejamos tocar, qual dos dois é a realidade?
R:o sonho e o desejo são aspirantes a realidade.
 
essa é uma das vantagens de ter pés trocados: pisar onde ninguem mais pisa.
assim sao aqueles que andam em caminhos irreais.

abraço, moço.
 
vislumbrei um cenário horrível... das crianças brincando em campo minado. Esse mundo triste q a gente vive...
 
Amigo Eugênio, vi seu post lá no meu blog.
Vamos que vamos.
Adicionei tb.

Abraços.

Diogo Costa.
 
hoje estou a viver num campo minado. e não sei sambar.
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?