Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

terça-feira, outubro 17, 2006

 

Cais

Ainda podia vê-la, imóvel, abstraída, misturando-se lentamente à paisagem, presenciando silenciosa a saudade antecipada da minha partida. Assustado, escondia, em meio ao barulho do motor e das ondas, a solidão. Distraído pela turbulência interna, tentava segurar as lágrimas. Era estranho. Inquietava o coração a ausência de meu pai?

(do livro "Pessoas bonitas acordam tarde")

(ilustração sem título, autor desconhecido)

Comments:
para mim... ausências sempre são inquietantes...
beijo
 
lindo.


um beijo enorme no coração
 
ausência, por si só, lateja. mais cedo ou mais tarde, estupora - nem que seja somente em lágrimas...
1 abraço
 
Não fosse a interrogação final, extremamente bem colocada, eu diria que meu texto é uma das respostas ao seu!
Mas toda ausência inquieta. E não apenas o coração!
Beijos muitos
 
, ausências e despedidas. saudades inquietantes...
|abraços meus|
 
sim Cládio, ausência por si só já inquieta...
habjs!!!
 
a ausência que mais me dói, é essa falta de eu em mim.


Sempre excelente!

[]´s
 
Gosto das curvas que tu fazes. Leva-nos para um caminho e antes det udo nos surpreende com uma curva, uma encruzilhada no meio da leitura. Sempe um grand finale.

Abraços
H
 
Cheguei aqui através do blog do Elidio Soares. Adorei teus textos.Vc escreve com a alma, sabe tocar o coração e passa através de seus textos, muito de teatralidade.Parabéns!Bjos
 
Tocante! Me fez refletir...

Te achei no blog do Kafé, e se não se importar, passarei por aqui mais vezes!..

Se quiser, me faça uma visita também!
www.minhasversoes.blogspot.com
 
Muito bom... tocante...
 
Belos como sempre! Seus escritos são perfeitos. Um fonte de inspiração!

Um grande abraço,
Aerodrama.
 
Fala aí, Cláudio!

Curtas e boas, como sempre! Estive por aí, mas agora estou de volta, mas com novo endereço. Espero você por lá, comentando!

Bons ventos!
 
Ausências, partidas, idas (sem voltas)...são dolorosas!
 
ah, a ausência . como dói. (lindo e penetrante o seu texto, como sempre).
 
Muito bom o texto..
Despedida e partidas..chegadas e reencontros...é a roda da vida meu caro, uns partem , outros ficam, outros chegam...
Bom texto
bj
 
;)
 
Eu sinto tanta saudade antecipada...
 
Oi. Linkei voce no meu blog.
Beijos
Joana
 
Essa coisa é louca! Estou com essa dor também, amigão! É mesmo estranho. abraço.
 
e sabe que eu li agora e senti outra coisa? nostalgia...
bjs!
 
Nada é estranho nesse mundo que vibra em cotidiano...
 
Isso mesmo, nestes tempos, o que temos, na verdade, são as lembranças de outros tempos, mais que tudo.

No presente trabalhamos com o acúmulo do passado, visando preencher o vazio do futuro.

Origado pela visita!
 
Uma bella calle de único sentido, con muchos sentidos que descubrir.
Abrazos y obrigado.
 
abraço amigo.
 
Oi Claudio,

Existe, meu amigo, ausência que não inquiete?.....

Belo, belo.....

Beijos....
 
vc é tão bom.
mande um email para mim, perdi o seu
laura.4@terra.com.br
quero te perguntar sobre um continho,
bjs laura
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?