Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

quinta-feira, outubro 05, 2006

 

Espiral

Correu a vista sobre o caderno disposto à sua frente, fixando-se na capa. Num gesto involuntário, deslizou a ponta dos dedos, percorrendo os cabelos, os olhos e a boca. Um ligeiro tremor perpassou-lhe o corpo. Abrindo o caderno ao acaso, pôs-se a folheá-lo. Demorou alguns segundos contemplando as orações, os números e as histórias. De repente, fechou-o bruscamente. Levantou-se do sofá em que estivera reclinada e encaminhou-se para a cozinha. Com um olhar tímido, observou a filha chegando e levando-o embora. Mais do que isso, não conseguiria suportar.

(do livro "Pessoas bonitas acordam tarde")

(ilustração sem título, autor desconhecido)

Comments:
Para alguns certas verdades e a maioria dos segredos, assim, escondidos devem permanecer. Eu prefiro o desabor do que realmente há, sem burla ou escamoteamentos, para prolongar o sofrimento.

Rápida e rica,como sempre, a sua prosa.

Abçs, companheiro.
 
Existem textos seus que sempre deixam-e com gosto de quero mais. Parece que fram tirados de um livro.
O mais legal dete aqui é que ninguém sabe o que foi visto no caderno.

Abraços!
 
segredos esses tão bem guardados...

será assim?


beijo
 
Creio que ela estava louquinha pra ler o caderno/diário da filha? acertei? Coisas de mães, não?
 
imaginava ter um caderno assim, mas não o tinha
criei um blog, e depois outro...e outro
falta-me o saber das páginas por serem escritas
as cores dia após dias amarelecendo
e o cheiro do papel e das suas idades.
 
Acho que já disse isso, mas volto a dizer. A forma como vc termina seus textos é uma porta que leva a vários caminhos. E quase sempre escolho mais de um!
Te parafraseando: isto é literatura!
Beijoconas
 
Caro!!!!
Você tem, cada vez mais, se "especializado" em deixar seus leitores curtindo algum suspense em seuas narrativas. Em suas pequenas sínteses do cotidiano, fica para seus leitores a tarefa de continuarem suas (des) construções do grande caleidoscópio que é nossa vida social contemporânea.
 
devassado(a), não há quem seja capaz de se fazer suportável...
1 abraço
 
, fui lendo e imaginando a vida. cada um querendo saber da vida do outro. e jornais, revistas, internet auxiliando...
|abraços meus|
 
o tempo é um peso difícil de carregar, ainda mais com essa alma vazia aqui.

[jb]
 
Opa!
Abraços do *CC*
 
Uma cena que mostra muita complexibilidade. Adorei!!
 
o seu sempre olhar atento..
abraços
 
sempre saio daqui pensando no que li. sempre volto depois, e saio pensando outra coisa. legal isso, de teus textos fluirem assim, cada lida, uma impressao/expressao.

saio agora pensando na minha infância, dos cadernos à mesa do jantar.

parabéns!

[]´s
 
"desejo é uma boca com sêde"(adriana falcão)
beijo moço
 
interessante...o que e por que não conseguiria suportar? há inúmeros caminhos a partir daí...! genial você, sabia?!
hábjs
 
Oiê Claudio,
Há certas ações/atos "simples", que carregam em si sentimentos tão fortes que, diante deles, é tão fácil esmaecer, não?....Bonito...

Beijos...
 
até quando dever-se-ia suportar essa ausência de si mesmo no amor mãe-filha?
bjos.
 
Vou te linkar lá no Kafé!
 
Já fui essa filha, e quem sabe um dia seja essa mãe...Quem sabe...
 
Quantos segredos cabem num caderno? Por vezes é de bom tom que seja levado embora antes de ler todos. Excelente sua aptidão para os mini-contos.
Abraços
 
Vc sempre nos faz voltar a ler, pensar. Ótimo conto. Bj laura
 
passando pra deixar um abração bem grandão!
 
Tou precisando falar com vc, com uma certa urgência. Pode, por favor, entrar em contato? Não consegui encontrar seu e-mail aqui. Deixo o meu: euzapn@uol.com.br.
Beijos
 
Demorei pra comentar por ter lido tarde o seu mini-conto. Muito bacana. Era bruna surfistinha a menina? rsss. Uma história em aberto; é melhor assim, né?, a que escancarar tudo? Sempre é bom esconder algo no texto... Estou fazendo um folhetim "MASTIGANDO LÍNGUAS", dê o seu parecer.
http://ochaoquematava.blogspot.com/
Forte abraço cara.
 
meu caro Cláudio, já lhe disse uma vez que adoro ler aos sábados à tarde. E escolho seus escritos pra aumentar esse prazer vespertino. Grande abraço!
 
Obrigada pelas visitas e dicas.
Postei algo lá sobre o dia mundial de alimentação..Este ano, o tema "Investir na agricultura para garantir a segurança alimentar..
Bjs e boa semana
 
tantos segredos e desmioladas aventuras guardadas nas páginas amareladas de ontens escritos [ou descritos]. descrentes? desvairados...

belas letras enfileiradas com interrogaçoes reticentes. É isso que sempre encontro por aqui.
boa semana, moço
 
Escreve mais pra nós.
 
Oi sumidinho!....
Venho, te visito, deixo um beijo.
 
Adoro vir aqui. Seus textos são como fragmentos ao vento, instantes intensos na vida de pessoas comuns e tão cheias de significado. Um deleite inspirador. Beijo grande.
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?