Rua de Mão Única

"Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida" - Walter Benjamin

quarta-feira, fevereiro 21, 2007

 

Solitude


Todos os dias, nem sempre pela manhã, às vezes, também à tarde, ou à noite, de madrugada, geralmente por volta das três, porém, nunca antes do sol nascer, muito menos depois dos primeiros carros surgirem na esquina, invariavelmente quando já não havia mais nenhum artifício, sentava-se no sofá para beber um copo de leite frio com chocolate. Entre um gole e outro, numa operação deveras complicada, rodeava os olhos à procura de um alvo. Apreciava muitíssimo as toalhinhas de crochê, a velha cortina transparente e o bibelô com formato de gato. Oh sim, ô dificuldade em arrancar alguma novidade. Para quebrar a rotina, muito a contragosto, cutucava com sua longa bengala de estimação feita de dois cabos de vassoura seus desamparados espantalhos. Porém, logo se entediava horrivelmente.

(do livro "Todos os Santos")

(ilustração, Espantalho Diferente, autor desconhecido)


Comments:
Muito bom. Como passou de carnaval?.
 
Amigo Claudio, muito bom esse texto, e já agora obrigado por ter visitado o meu humilde blog, espero que volte...

Abraços do beezz
 
Olá, Cláudio!

Como sempre, excelente textos no seu blog!

Este me deixou em silêncio...

Bons ventos!
 
muito bom te ler...
bjs
 
ô dificuldade que tenho em escrever uma quebra de ritmo como a tua. O texto ia em uma seqüência macia e de repente mudou quando incluiu esse agradável "Ô". Ótima maestria.
 
Ola,
passei pra me atualizar por aqui.
Um beijo
Joana
 
maravilha!
bjs
Laura
PS: a revista piauí abriu espaço para nós, vais tentar? eu tentei... ai ai
 
cada vez mais "admirador" pelos teus textos ... parabens
 
matei meus fantasmas
com goles de fanta
e golpes de asmas


Sempre como sempre: ótimo.

[]´s
 
Até o tédio virou poesia.
Ainda: com sabor de leite com chocolate.

Bisu.
 
Olá,
“ Somos a ponte para a eternidade,
Formando um arco sobre o mar,
Procurando aventuras para nosso regozijo,
Vivendo mistérios, optando por calamidades,
Triunfos, desafios, apostas impossíveis,
Pondo-nos à prova uma e outra vez,
Aprendendo amar.”
Excerto de “Richard Bach”

É com esta força que renasço todos os dias, para continuar a minha caminhada...
Espero que gostem deste pequeno presente.
Beijinhos, que a escrita nos una!
Conceição Bernardino

http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com
 
Grande Claudio!

Muito bom o texto, sempre gosto.

Um ótimo fim de semana
 
muito bom, adoro estes personagens comezinhos, feridos pelo cotidiano, aquelas toalhinhas de croche deram todo um peso a tragédia.
Obrigado também pela visita ao casa.
abraços
Rubens
 
Sofro disso. De dificuldade em arrancar novidades. Tédio, tédio. Morro à míngua de fastio...
 
Postar um comentário

<< Home

hisTórico

08.28.2005   09.04.2005   09.11.2005   09.18.2005   09.25.2005   10.02.2005   10.09.2005   10.16.2005   10.23.2005   11.20.2005   11.27.2005   12.04.2005   12.11.2005   12.18.2005   01.29.2006   02.05.2006   02.12.2006   02.19.2006   02.26.2006   03.05.2006   03.12.2006   03.19.2006   03.26.2006   04.02.2006   04.09.2006   04.16.2006   04.23.2006   04.30.2006   05.07.2006   05.14.2006   05.21.2006   05.28.2006   06.04.2006   06.11.2006   06.18.2006   06.25.2006   07.02.2006   07.16.2006   07.23.2006   07.30.2006   08.06.2006   08.13.2006   08.27.2006   09.10.2006   09.17.2006   09.24.2006   10.01.2006   10.15.2006   10.22.2006   10.29.2006   11.26.2006   12.17.2006   01.28.2007   02.04.2007   02.11.2007   02.18.2007   02.25.2007   03.11.2007   05.18.2008   07.06.2008   08.31.2008   10.19.2008   12.14.2008   02.01.2009   02.15.2009   02.22.2009   03.08.2009   03.29.2009   04.19.2009   04.26.2009   05.31.2009   06.21.2009   08.09.2009   12.20.2009   01.31.2010   05.09.2010   05.16.2010   06.27.2010   02.06.2011   06.05.2011   08.14.2011   08.28.2011   04.29.2012   12.02.2012   04.21.2013   09.22.2013  

pUbliCaçÕes

Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº30
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº31
Literatura - Revista do Escritor Brasileiro - nº32

aRtiGos

Usina de Letras
fotoclube F/508
Cronópios

OuTros imPosTos

Alê
Algaravária
Alexandre Costa
Ana Baggio
Arruda
Carlos Besen
Carpinejar
Celso Boaventura
Chloè
Cláudio B. Carlos
Claudinei Vieira
Cronópios
Dioneide Costa
Edilson Pantoja
Eduardo Baszczyn
Eduardo Oliveira
EscritorasSuicidas
Estulticia
Elidio Soares
Elisa Andrade Buzzo
Hermes Bernadi
Ivã Coelho
Larissa Marques
Marcelino Freire
Marcos Pardim
Marilena
Menalton Braff
Mim
Nandi
Natércia Pontes
Nilto Maciel
Nirton Venancio
Pedro Paulo Pan
Pedro Paulo Pan
Projeto Identidade
Rubens da Cunha
Tudo Lorota
Valéria
Whisner Fraga
eXTReMe Tracker Divulgue o seu blog! Site Meter

This page is powered by Blogger. Isn't yours?